Feira da Cidadania – 2017

Formar cidadãos é um dos primeiros passos para a convivência em sociedade. Garantir acesso aos serviços básicos garantidos pela nossa Constituição é, sem dúvida, uma das bases do desenvolvimento e crescimento do nosso país. E um dos eventos que fazem a diferença nesses quesitos é a Feira da Cidadania, realizada pelo Instituto Conhecer Brasil em parceria com o Conselho Nacional do SESI.

Voltado para a população de baixa renda, o projeto atenderá a população de quatro municípios do Piauí: Curimatá, Avelino Lopes, Gilbués e Corrente além, claro, das cidades vizinhas. Através do evento, a população terá acesso a serviços como emissão de certidão de nascimento, cédula de identidade e CPF. Além disso, os cidadãos poderão realizar consultas médicas e odontológicas gratuitamente.

Ações como a Feira da Cidadania são importantes não apenas pelos serviços sociais que fornecem, mas também para fortalecer os costumes e a cultura de uma região. Com ações culturais lúdicas como a apresentação de quadrilhas, o Encontro de Sanfoneiros e shows com artistas locais e regionais que valorizam a cultura do Piauí, o projeto pretende unir gerações e trazer um senso de pertencimento das pessoas que lá vivem, fortalecendo assim sua relação com a terra natal.

O esporte também está contemplado na feira, com os campeonatos de futebol de campo e de salão e de vôlei de quadra e queimada entre crianças de escolas da região. Para os adultos, a maratona que está dentro da programação conscientizará sobre a importância da caminhada para a saúde. Os times contarão com troféus e medalhas para os vencedores, além de uniformes doados para as práticas esportivas.

Estudos recentes da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Cerpro) mostram que 90% dos municípios piauienses têm um nível de renda baixo ou muito baixo. Ainda segundo o estudo, seis municípios do Piauí mostram um nível baixo de Índice de Desenvolvimento Humano, um dos principais termômetros sociais do Brasil. O que afirma a importância da realização da feira para o desenvolvimento social da região.

A feira acontecerá em julho e agosto e a estimativa é que mais de 20 mil pessoas serão beneficiadas pelo projeto.

SERVIÇO:

  • Gilbués – 21 e 22 de julho
  • Curimatá – 28 e 29 de julho
  • Avelino Lopes – 04 e 05 de agosto
  • Redenção de Gurguéis – 11 e 12 de agosto

ATENDIMENTOS:

  1. # UNIDADE MÓVEL DE INCLUSÃO DIGITAL: Oficina de Educação
  2. # UNIDADE MÓVEL DO COZINHA BRASIL / ASI: Oficina de Educação Alimentar
  3. # UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE OCUPACIONAL: Atendimento Clínico de serviços básicos # UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE E SEGURANÇA: Atendimento Clínico e Odontológico


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: